Home / Vantagens e desvantagens das licenças locais

Home / Vantagens e desvantagens das licenças locais

Vantagens e desvantagens das licenças locais

licenças de volume da microsoft

O que é melhor: no local ou na nuvem? Muitas empresas estabelecidas estão se perguntando se vale a pena mudar de sua infraestrutura de tecnologia local para a nuvem. Para escolher a opção certa para sua empresa, você precisa estar ciente das diferenças entre serviços e infraestrutura locais e baseados em nuvem. Explicamos a seguir.

No local significa que a infraestrutura de software e hardware é implementada e executada dentro dos limites de sua organização. Você tem controle total sobre a configuração. Os dados permanecem em sua rede privada, ninguém além de sua equipe pode acessar as informações.

O que é computação em nuvem?

A computação em nuvem é o fornecimento de recursos de sistema de computador sob demanda, que não requer gerenciamento ativo e inclui aplicativos como armazenamento e capacidade de processamento. Com um modelo de assinatura baseado em nuvem, não há necessidade de adquirir infraestrutura ou licenças adicionais. Em troca de uma taxa anual, um provedor de nuvem mantém servidores, rede e software para você.

Que tipos de computação em nuvem existem?

Existem três tipos principais de ambientes de nuvem. As empresas podem optar por executar aplicativos em nuvens públicas, privadas ou híbridas, dependendo de seus requisitos específicos.

Nuvem pública: um ambiente de nuvem pública de propriedade de um provedor terceirizado de nuvem. É acessível para empresas via Internet em um modelo de pagamento conforme o uso. Este modelo de implantação fornece serviços e infraestrutura para empresas que buscam economizar dinheiro em custos operacionais de TI, mas é o provedor de nuvem responsável por criar e manter os recursos.

Nuvem privada: este modelo de implantação é uma infraestrutura personalizada de propriedade de uma única empresa. Ele fornece um ambiente mais controlado no qual o acesso aos recursos de TI é mais centralizado dentro da empresa. Este modelo pode ser gerenciado interna ou externamente. Embora a hospedagem em nuvem privada seja relativamente cara, ela oferece às empresas maiores um nível mais alto de segurança e maior autonomia para personalizar o armazenamento, a rede e os componentes de computação para atender aos seus requisitos de TI.

Nuvem híbrida: a nuvem híbrida é um modelo de implantação que conecta os serviços de nuvem privada e local de uma empresa e a nuvem pública de terceiros em uma única infraestrutura flexível para executar os aplicativos e cargas de trabalho da organização. Ao combinar os modelos, um modelo de nuvem híbrida fornece uma solução de TI mais personalizada que atende aos requisitos de negócios específicos. Veja nossa variedade de licenças por volume locais aqui.

Os benefícios do local

No local, há uma série de vantagens em termos de custos, segurança, personalização e implementação:

  • Os custos de longo prazo são menores do que os de software baseado em nuvem.
  • A segurança dos dados está em suas mãos.
  • Fácil de personalizar.
  • Mais controle sobre o próprio processo de implementação.
  •  

As desvantagens do local

Nas áreas mencionadas acima, também existem desvantagens com o local:

  • Os custos iniciais são altos.
  • Nem toda empresa possui conhecimento interno suficiente para providenciar a segurança por conta própria.
  • A personalização pode fazer com que o processo de implementação demore mais.

O que é adequado para minha organização: on-premise ou computação em nuvem?

Tanto o local quanto a nuvem trazem algo exclusivo para a mesa, mas somente após uma consideração cuidadosa você pode determinar que tipo de solução se encaixa perfeitamente em sua organização. Abaixo estão os principais aspectos a serem considerados ao escolher entre uma solução local e uma solução em nuvem.

Implementação

On-premise: Com o software on-premise, a empresa continua responsável pela manutenção da solução e dos processos relacionados. A implantação é feita internamente com a infraestrutura da empresa.

Cloud: Em uma nuvem hospedada, o provedor de serviços mantém os sistemas em seu servidor, que podem ser acessados ​​pela empresa a qualquer momento, com os processos associados sendo atendidos pelo provedor de serviços em nuvem host.

Verificar

On-premise: em um ambiente local, as empresas têm controle total sobre seus sistemas e mantêm 100 por cento de privacidade. Esses são os dois motivos pelos quais a maioria das grandes organizações opta por ficar longe da nuvem.

Cloud: embora os dados e as chaves de criptografia sejam compartilhados com o provedor terceirizado em um ambiente de computação em nuvem, há apenas propriedade compartilhada e a acessibilidade continua sendo um problema quando há tempo de inatividade.

Segurança

On-premise: a segurança é um requisito essencial de qualquer organização quando se trata de contas financeiras, dados de clientes e funcionários. Embora o local tradicional possa parecer mais seguro por ser interno, há várias medidas que devem ser tomadas para manter totalmente a segurança dos dados.

Cloud: com sistemas ERP em nuvem, há muito menos oportunidades para falhas de hardware, software ou infraestrutura que podem atrapalhar toda a operação e levar a perdas significativas.

Conformidade regulatória

On-premise: existem controles regulatórios que as empresas devem cumprir. Para cumprir essas regulamentações governamentais e do setor, é necessário que as empresas continuem cumprindo as regras e tenham acesso aos seus dados. Isso é fácil se todos os dados forem gerenciados pela própria empresa.

Cloud: Ao optar por um modelo de computação em nuvem, as empresas devem garantir que o provedor de serviços seja legalmente licenciado em seu setor específico. É importante que os dados de clientes, funcionários e parceiros estejam protegidos, enquanto a privacidade é garantida.

Comparação de custos

On-premise: um sistema desde o início requer esforço e custos. Não apenas o investimento inicial, mas também a compra de infraestrutura adicional, processos, manutenção e custos operacionais. Conforme mencionado com os prós e os contras, os custos iniciais são altos, mas no local é muito mais barato do que a nuvem no longo prazo.

Cloud: em comparação, um serviço em nuvem é muito mais econômico, especialmente se for pequeno. A instalação e o tempo de execução são mais baratos e rápidos. As empresas devem pagar por uma assinatura, com atualizações e manutenção sendo realizadas pelo host em nuvem.

Mobilidade

On-premise: os sistemas no local podem ser acessados ​​remotamente, mas geralmente exigem suporte de terceiros para o acesso. Isso aumenta o risco de falhas de segurança e comunicação. Várias medidas de segurança devem ser tomadas se os funcionários quiserem acessar arquivos em dispositivos pessoais.

Cloud: Com os sistemas em nuvem, você precisa de uma conexão com a Internet para acessar seus dados com um dispositivo móvel. Sua mobilidade e flexibilidade é uma das características mais fortes desta solução. Isso permite que seus funcionários trabalhem em qualquer lugar e a qualquer hora, resultando em maior engajamento.

A principal diferença entre local e nuvem

A principal diferença entre um software em nuvem e um software local é onde ele é instalado, localmente nos servidores da empresa ou hospedado no servidor do fornecedor. Em comparação com o software em nuvem, o local oferece mais flexibilidade, confiabilidade e segurança. O software em nuvem hospedado, por outro lado, tira a pressão de manter e atualizar os sistemas, para que você possa gastar seu tempo, esforço e dinheiro realizando seu negócio principal.

Compre suas licenças Microsoft baratas aqui.

Quer adquirir licenças no local com um desconto de até 70% sobre o novo preço ou está pensando em um ambiente de nuvem híbrida onde procura uma solução com as vantagens do local combinadas com as vantagens do nuvem? Veja a gama de licenças de software de segunda mão da Softtrader ou solicite um orçamento diretamente.

* Fazemos entregas apenas para empresas dentro da União Europeia.

Tem alguma questão? Contacte-nos!

Para obter mais informações sobre quais softwares e licenças da Microsoft são melhores para si, por favor entre em contacto conosco. Estamos disponíveis de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.